quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Música n° 05 - NIRVANA - 1975 - Letra: Mana Carol - Carolina Araujo Rodrigues Funayama - Música: Ari A. Rodrigues

Você que corre e não vê, que sente o peso do tempo
Que espera a paz, sentado, olhando pro céu
Pra rua de gente vestida ou nua,
Correndo atrás não sei do que.
Você que senta e espera, o tempo favorecer.
Você que corre do mundo, de gente que o quer ver
Você que há de saber e de nada mais quer saber
Nada.....
Saber da moça que passa e caça comida pro filho nascer
Saber do bêbado que desce, barril incerto
Do mundo deserto de olhos de ver
Saber do quilo e meio, dos dez anos descalços
Se achegando à você...
Saber do cão que morre na rua e você não vê.
E você não vê e você não vê
Você que procura o nirvana do desejo alucinado
Da realidade de viver.... você
Apesar de você ser tão irreal no modo de ser
Você é real sem a ilusão de estar só
Ou de estar aniquilado...
E você não vê e você não vê.

domingo, 21 de agosto de 2011

Música n° 04 - Sujo Chão - 1973

Ando com meu bolso sem dinheiro
Não tenho emprego, nem patrão.
Nem sou um aventureiro,
Só tenho meu violão.
Cantando passo o dia inteiro,
Sentado nesse sujo chão.
Chão onde a flor floresce
A tristeza esquece, felicidade vêm.
Chão onde o amor flutua
E que neste mundo
Este chão não tem.
Vivo só pensando nela
Minha flor que é bela
Rosa me convêm.
Hoje ela anda comigo
Tem o meu abrigo
Que é meu violão.
Somos três agora
Eu Rosa e a viola
Pra cantarmos juntos
Neste sujo chão.
Chão onde a flor floresce
A tristeza esquece, felicidade vêm.
Chão onde o amor flutua
E que neste mundo
Este chão não tem,
Este chão não tem...
Este chão não tem.

Música n° 03 - Voce é Linda Mulher - 1972

Seu rosto é tão bonito
Seus olhos são duas pérolas
Seu sorriso é de uma fada
Você é linda, você.
Mais uma noite sem ver você
Mais uma noite sem ter você.
Seu nome é esperança
Seu andar é uma dança
Seu olhar de confiança
Você é linda, você.
Mais uma noite sem ver você
Mais uma noite sem ter você.
Seu jeito de menina
Seu corpo de mulher
Semblante que fascina
você é linda mulher...
Mais uma noite sem ver você
mais uma noite sem ter você
O teu semblante não vou esquecer
Um dia menina eu vou ter você...

sábado, 20 de agosto de 2011

Música n° 02 - Menina da Janela - 1970

Escuta Menina o que vou te dizer
Não pare não olhe nem vê da Janela
Só olhe por ela quando eu for passar
Seus olhos verdinhos são feitos pra olhar.
Pequena menina não venha olhar
O vento malvado veio estragar
Fechou a janela quando eu ia passar
Não ligue menina existe o amanhã
Na mesma horinha as seis da manhã.
Que pena menina que não acordou
Nem viu da janela que o vento fechou
Tristeza menina não vejo outra vez
Pois fiquei sabendo que você mudou.
Você mudou, você mudou menina.