domingo, 16 de outubro de 2011

Música n° 14 - Caminhos Sem Fim - 07/2011 – Autor, letra e música: Ari A. Rodrigues.

Apaguei a força de uma corda bamba
Destruí o arco de uma flecha torta
Afrouxei o nó da gravata presa
Retirei a flor da lapela morta
Muda rumo muda, muda, rumo voa
Em busca da forma de outra pessoa.
Ajeitei o cravo na lapela viva
Foto e grafia da vida apagada.
Apaguei a sombra nos meus ombros largos
Acendi a chama de meus devaneios.
Muda rumo muda, muda, rumo voa
Em busca da forma de outra pessoa.
Descobri a fera que existe em mim
Encontrei caminhos que não tem mais fim.
Percebi vestígios de uma sombra morta
Apaguei vestígios de uma flecha torta
Muda rumo muda, muda, rumo voa
Em busca da forma de outra pessoa.
Busca o semblante que te alucina
Nele sonhos e caminhos que não tem mais fim...
Muda rumo muda, voa rumo voa...